Notas sobre o Evento: Jungle Fight 80

Geral:

Evento longo, que começou as 21 horas e terminou as 2 da manhã do domingo. Lutas rápidas e com apenas uma sendo decidida pelos juizes. O evento tem um nível um pouco mais baixo que o UFC, o que é normal. Os lutadores sempre dispostos a atacar e impor seu jogo, a maioria das vezes logo no início. Gostei das histórias de superação de lutadores como o

15-Bruno Menezes (Champion Team) x José “Zé Reborn” Alexandre (Reborn Team) - Cinturão 57 kg

No último combate da noite, começa com um bom estudo e muita movimentação por parte dos dois atletas. Lentamente o combate vai ganhando intensidade e numa troca franca de golpes, Bruno encaixou um belo direto de direita, conectando depois varios golpes, levando Zé reborn para o chão e finalizando a luta. Outra luta muito rápida que foi finalizada com a vitória do detentor do cinturão Bruno Menezes.

14-Alexandre Hoffmann (Fabiano Boxer) x André Lobato (Marajó Brothers) - Cinturão 84 kg

Outra luta muito rápida, Lobato iniciou com um grande direto de esquerda e indo a luta para o chão, Lobato encaixçou uma rápida chave de calcanhar, finalizando a luta.

13-Quemuel Ottoni (Família Komodo) x Jackson Mora ( Team ffc - Peru ) 84 kg

Luta bem rápida, comelou com os lutadores se estudando, mas com um chute que pegou o peruano de surpresam Quemuel conseguiu a vitória.

12-Alexandre Cidade ( Tavares Team ) x Arlen "Banks" Ribeiro ( V8 MMA ) 70 kg

Luta amarrada nos primeiros minutos do round. Muito mais profissional e cadenciada, foi para o segundo round com muito equilíbrio para o chão, com uma tentativa do alexandre tentando uma guilhotina sem sucesso, e com o Banks tentando se defender. Conseguindo manter as mesmas estratégias no terceiro round, vitória para Alexandre Cidade.

11-Adriano Balby ( Balby Team - AM ) x Douglas Rakchal ( Gordin Team ) 84 kg

Após um começo bem impressionante, Douglas não conseguiu manter a sua regularidade durante o primeiro round. Acabou salvo pelo gongo quando estava quase sendo estrangulado por Adriano. No Segundo Round Adriano balbi conseguiu também impor o seu jogo, conseguindo boas quedas e o dominio das ações no chão. No terceiro round mais do mesmo, Adriano dominou o combate e com grandes cortes no rosto, Douglas não conseguiu finalizar o combate, que acavou com a vitória de Adrianpo balby.

10-Debora Dias (Foz do Iguaçu) x Natasha Frazão “Viúva Negra” (Bronx’s Gold Team) 52 kg

Luta bem quente, com vantagem para a viuva, que mesmo mais baixa consegue impor seu jog, porém, conseguindo uma queda e uma boa montada, conseguiu castigar com o ground and pound e conseguir a vitória mesmo tendo sido muito castigada nos poucos minutos que durou a luta.

9-Jhonatan Bombeiro (Vem Viver Team) x Francisco "Chicão"Neves (Ryan Gracie/ Tiger Polemico )70 kg

Combate começou bem franco, com leve vantagem para chicão mas indo para o chão a vantagem foi de bombeiro, que dominou muito bem o round. No segundo round os dois lutadores já pareciam um pouco cansados. Toda vez que o chicão dava um bom golpe o bombeiro já ia para a queda, onde estava levando vantagem. No terceiro round, superando o cansaço, na trocação, Chicão conseguiu impor o seu jogo e venceu por nocaute a luta.

8-Dioginis "Overeen" Souza (Power Lotus Team) x Renan Romes da Silva (Dragões Kickboxing/Higen Team) 66 kg

Dioginis conseguiu um belo chute no "plexo" do oponbebte e rapidamente conseguiu uma sequencia de golpes, finalizando a luta no primeiro round ainda.

Card Social

7-Danilo Andreani (colisão Jiu jitsu) x Hermison Oliveira (Charles Oliveira Gold Team) 57 kg

Mais uma luta muito rapida e que terminou com uma boa finalização de Hermison Oliveira, que conseguiu um ótimo mata leão. Porém, houve um grade engano. Danilo Andreoni tinha aplicado uma chave de calcanhar e o lutador hermisson tinha batido e desistido (bateu 2 vezes), logo na sequencia danilo soltou o golpe (isso foi uma atitude bem consciente), porém o juiz não tinha dado fim de luta. Sendo bem esperto, hermison continuou lutando e conseguiu o mata leão. Após o review do final e do replay, a comissão de arbitragem reviu a decisão de vitória de Hermison e deu No Contest para a luta. (Levantar a questão do Toquinho)

6-Daniel "Monstrão" Nery (Nigue Team) x Caio Gregorio ( Gordin Team ) 77 kg

Luta bem estudada no primeiro round, alguns golpes bem aplicados por caio gregório. No início do segundo round, com uma queda por baixo e parecendo levar desvantagem caio conseguiu uma ótima chave de braço, finalizando a luta.

5-Thiago Santos (Família Furacão) x Antonio"Frankestein"Ricelli (Union of Monster/Furnas) 77 kg

Novamente uma luta muito rápida. Começou bem movimentada com um chute bem colocado por frankenstein, depois os lutadores se estudaram bastantem mas com um grande direto de direita Thiago santos conseguiu um nocalte e uma boa vitória estreando no evento.

4-Eduardo "Bombeiro" Pedrosa (Colisão MMA) x Anderson "Buzika" de Souza (Inside/Munil Adriano Team) 66 kg

Luta começa com Eduardo Bombeiro já conseguindo uma queda e uma tentativa de mata leão. Anderson consegue com sucesso sair da situação e levando para a luta em pé, trocou golpes duros e bem colocados levando rapidamente Bombeiro a nocalte. Uma luta bem rápida!

3-Carlos Alberto Silva (Chute Boxe Piraju) x Lucas Campos (Arenna Academy/Higen Team) 77 kg

Diferença muito grande entre os dois lutadores. Carlos alberto tem uma vantagem muito grande em envergadura. Lucas campos começa a luta já tentando encurtar a distância e sendo bem agressivo. Após o impeto inicial, Carlão tenta fazer sua envergadura prevalecer. Segundo round começa com bons golpes, aproveitando bem sua envegadura. Alguns clinches, Lucas Campos parecia bem mais cansado pelos esforços feitos no primeiro round. COm uma rápida sequencia de golpes e conseguindo impor golpes com sua altura, Carlos Alberto SIlva venceu no seguindo round há 1:52.

2-Jeferson"jerry"de Oliveira (Union of Monster/furnas) x Rafael Costa (Bronx's Gold Team) 57 Kg

Luta que começou com os lutadores se estudando, alguns golpes bons dos dois lados mas rapidamente foi finalizada por um triângulo invertido, aplicado por Jefferson Jerry aos 2:45 do primeiro round.

K1 Rules – Categoria até 85Kg

1-Fernando ‘Chakal’ (Goes Team) vs Rodolfo ‘Cavalo’ (Brazilian Alves MMA/SPFC/Rocha Fight)

Começo agressivo com os lutadores se estudando mas também se atacando francamente com tentativa de golpes plásticos como joelhadas vaoadores. No final do primeiro round na mesma hora que o gongo trocou o Chakal levou um grande cruzado e se não fosse o gongo ele teria sido nocalteado, inclusive o protetor bucal chegou a saltar. Mesmo com o intervalo entre rounds não houve tempo para recuperação. No começo do segundo round, Cavalo aproximou a luta e aplicou outro knockdown no Chakal com um Uppercut feroz. Novamente um tempo para recuperação, mas outra vez Cavalo castiga com golpes duros que castigaram e encerraram de vez o combate.

O Terminal

Era só mais uma tarde. Eu esperava um ônibus. Estava indo para um lugar diferente, onde ainda não tinha estado. Ele estava sentado no banco do terminal de ônibus. Roupas casuais, cabelos cortados, penteado da moda, sua cútis saudável e bronzeada transparecia saúde. Estava sentado meio que em uma posição contemplativa, cotovelos apoiados nas pernas, dedos tremulantes, como quem espera alguém ou algo. Meu olhar varreu de forma meio despercebida aquele rapaz. Meus olhares oscilavam lado a lado, como que procurando algo especial para ver. 

Ônibus vêm e vão, pessoas desembarcam, apressadas ou não, sempre a caminho de algum lugar, assim a vida acontece um terminal. Algumas param para pedir informações, outras conversam animadamente, mas sempre em movimento. A não ser que estejam em uma fila, já posicionadas, esperando o seu coletivo. Minutos se passam. Meu olhar passa novamente por aquela figura. Ele continua impassivelmente sentado, meio que apenas esperando. 

Eis que, minutos depois, uma moça de aparência saudável, cabelo no estilo black, pele morena, sorridente, se aproxima dele e senta-se. Ambos se olham. Ela diz algumas palavras que só ele saberá. O movimento dos transeuntes continua, a rotina implacavelmente regular. 
Minhas atenções se voltam para aquele casal e tenho a impressão que a música clássica que toca em meu iPod meio que busca aquele momento que se alinha para acontecer. Ela ajeita seus óculos, sorri, continua falando e é a vez dele sorrir. Ela acarinha de leve a cabeça dele, analisando o penteado, apreciando a sua aparência simples, comum, mas que a atraiu.

Vagarosamente eles vão se aproximando, algo me diz que vai acontecer. O arranjo musical da orquestra, em meu iPod, para por um instante, como que aguardando aquele momento. Os dois nem imaginam, mas eu estou em sintonia com os seus sentimentos, com os seus corações. Aprecio a casualidade simples daquele encontro. Me deslumbro e admiro a simplicidade da ocasião. Me alimento daquilo que é produzido por aqueles dois seres desconhecidos. Quero sorver um pouco daquela magia simples, mas única. Torço para que ela aconteça logo, e logo percebo meu coração palpitar.

E ele acontece, um beijo terno, que pouco a pouco aumenta de intensidade. O braço dele vagarosamente busca, e alcança o pescoço dela, que busca seu toque com uma mão. Minha mente se pergunta se ela e ele se encontraram pela primeira vez, a música da orquestra volta a tocar, passou para o último ato. A rotina não mudou nesse instante único, as pessoas continuam passando, o tempo, continua correndo normalmente. 

A pessoa que está na mesma fila que eu, atrás de mim, toca meu ombro, como um alerta. Meu ônibus chegou, manobra e estaciona ocultando aquela visão. É hora de embarcar. Quando estou para me dirigir a um assento vago torno a olhar para aquele banco, agora vazio. 

No terminal, vidas chegam e se vão. A rotina parece ser movimento sem emoção. Mas hoje não. A vida continuou, mas colocou três corações em sintonia, e um deles sem nenhuma aparente razão. Estou feliz.

A trilha do episódio 9 - Por que Zumbis não morrem.

Editar é um desafio vencido a cada episódio. Cada um deles tem uma particularidade, um clima durante a gravação, um tempero todo especial, que dá cor e, por que não, um sabor diferente sempre. Seria como se ao editar eu sentisse a sensação que o Harry Potter e os seus amigos tinham ao provar os já lendários "feijõezinhos de todos os sabores". 

Com o episódio de Zumbis isso não foi diferente. Se em questão de voz existia uma qualidade ainda não antes vista, em relação a trilha sonora eu não tinha muitas certezas de que rumo tomar. 

Como um tique, após uma conversa com o Mau Hernandes, eu pensei que poderia tentar utilizar um caminho não tomado em episódios anteriores. E foi o que fiz. Nesse episódio eu procurei diversos elementos, todos eles já existentes no imaginário dos amantes do tema "zumbi" e tentei inseri-los da melhor maneira possível no episódio. Assim foi criada a trilha. Todos os fundos, cenas e músicas foram retirados do Youtube com o maior critério possível.  

Mas seria desonesto, além de inadequado, qualquer tipo de utilização dessas fontes, sem que eu mencionasse as fontes, e desse a chance de quem ouviu ter a oportunidade de saber de onde veio cada elemento desse episódio. 

Assim, deixo aqui a lista de referências audiovisuais para a composição da trilha. Espero que vocês apreciem. Os elementos estão na mesma ordem utilizada na trilha do 3º bloco do episódio Zumbis.

  1. Abertura The Walking Dead
  2. Tema Principal de I am the Legend
  3. Resident Evil 1 Original Intro
  4. Resident Evil 1 - Main Hall theme
  5. AtmosFEARfx Zombie Invasion DVD
  6. #7 - Dawn Of The Dead (Main Theme)
  7. Dawn of the Dead (2/11) Movie CLIP - Zombies Ate My Neighbors (2004) HD
  8. Dawn of the Dead (3/11) Movie CLIP - Zombie Janitor (2004) HD
  9. Dawn of the Dead (4/11) Movie CLIP - The Dead Will Walk the Earth (2004) HD
  10. The Walking Dead - Season 1 Ep 1 - Rick wakes up in the hospital
  11. World War Z Theme Song
  12. Resident Evil Save Room Compilation
  13. Resident Evil 3 - Nemesis shooting the helicopter down 
  14. Dawn of the Dead (11/11) Movie CLIP - Two Buses From Hell (2004) HD
  15. The Walking Dead || The Disease -  Music - Zack Hemsey - The way

Um abraço e até a próxima amigos!

Memorial

Memorial
me.mo.ri.al
adj (lat memoriale) 1 Que traz à memória. 2 O mesmo que memorável.
sm 1 Livrinho de lembranças. 2 Petição em que se faz referência a um pedido já feito. 3 Apontamento. 4 Escrito em que se acham registrados certos fatos memoráveis. 5 Dir Trabalho escrito, em que uma das partes litigantes expõe sua pretensão e sustenta o direito que a ampara na causa, fundamentando-o.

 

Se foram. Por diversos motivos, de diversas formas, justas ou injustas, previsíveis ou inimagináveis, comuns ou trágicas, não importa. Só posso dizer que se foram. Muitos eu não vi, nem ouvi falar, alguns eu conhecia e com outros cheguei a dividir de momentos a grandes períodos de convivência.

Alguns viviam de maneira intensa, outros pela cautela se pautavam, porém, quando chegou a hora, não importou o modo como andavam, foram todos surpreendidos pelo evento inevitável. Eram altos, baixos, magros, gordos, saudáveis, doentes, bonitos, feios, sensuais, asquerosos, educados, trogloditas, carecas, cabeludos, sensíveis ou sem coração; uma infinidade de tipos, que no final pouca importância tinham, mesmo que tivessem sido tão importantes quanto os meios que os tornavam importantes.

Resumindo, eram apenas como eu ou você, alguns que viviam e deixavam viver, tinha também os que impediram alguém de viver, apenas para poder viver de uma forma que os fizessem se sentirem ser, alguém diferente, ou mesmo igual, ao que eles eram, mesmo que por um pequeno momento.

No turbilhão, tão diferentes eles eram, que parecia impossível que todos pudessem coabitar em um só lugar. Alguns estavam separados por metros, por centímetros, enquanto outros a milhares de quilômetros se encontravam. Alguns se viam pessoalmente todos os dias, outros apenas umas poucas vezes, e outros por sua vez, nunca seriam vistos. A menos que fossem procurados, a menos que alguém, ou algo, ou alguma circunstância, apresentassem ambas as partes.

De qualquer forma, em um lugar eles estavam antes de partirem, todos, juntos e próximos, a apenas um clique e uma busca de distância. Ali atualizavam suas vidas, amores, tristezas, alegrias, problemas, esperanças, devaneios, momentos, crenças, certezas e opiniões, de forma metódica ou caótica, constantemente ou esporadicamente; não importa. Uma pequena parte deles estava ali enquanto vivos. Alguns se prepararam, a maioria não teve chance, mas independente de como, eles se foram.

Poucos levaram tudo consigo, no geral, mesmo os que tentaram, acabaram deixando resquícios de si. O resquício do qual eu falo aqui. Um resquício que parece insignificante, mas que tem todo o significado quando o dono dele partir. Resquício que pode estar sendo preservado pela vontade de amigos e familiares, ou que por mero acaso continua existindo, ali, há um clique ou uma busca de distância. Nesse lugar, independente para onde eles tenham ido, uma parte deles ainda está. Como restos mortais expostos em um grande ossuário para a visitação pública, como uma lápide, como um santuário, como um lar; como um memorial.

São visitados como em cemitérios, são velados logo que partem, visitados nos dias especiais, ou mesmo em qualquer dia que se desejar. Comentários e depoimentos são eternas velas, preces e orações. Imagens felizes que protagonizaram são flores, desabrochadas e em vívidas cores, são lindos cânticos infinitos; são imortais. Nesse local, diferente do mundo real, homens e mortos dividem espaços e convivem mesmo depois de se separarem.

Pelo menos enquanto aquele resquício durar. Enquanto o serviço que provê o acesso e o data center que hospeda esse memorial funcionarem. Enquanto a corporação que criou ou que detêm os direitos sobre aquele serviço se interessar em mantê-lo…

 

*Homenagem a todos que partiram deixando perfis em redes sociais que existem, que deixaram ou que deixarão de existir.

5 Candidatos a deputado nos quais eu não votaria

Candidata: Bruna Furlan - Deputada federal - Partido PSDB - Número 4585

http://www.camara.gov.br/internet/Deputado/dep_Detalhe.asp?id=160589

Declaração de Bens: R$ 727.200,00

Retrospecto: 

Faça sua pesquisa vc tembém.

Faça sua pesquisa vc tembém.

Filha de ex-prefeito de Barueri (Rubens Furlan, que foi prefeito de Barueri por 4 vezes) foi em 2010 teve a 10ª colocação entre os deputados mais votados com apenas 27 anos. Membra da Congregação Cristã no Brasil, tem forte apelo entre evangélicos e também foi considerada uma das musas do congresso. A despeito disso, pairam sobre si, assim como sobre outros membros da chamada bancada evangélica acusações de serem favorecidos por doações de empresas fornecedoras da Petrobras. Segundo investigação da Polícia Federal Bruna, por exemplo, teria recebido a quantia de R$ 400 mil em doações (mais detalhes em matéria anexa). Além disso em 2010 também foi aberta uma investigação pelo Ministério Público de supostas compras de voto (mais detalhes em matéria anexa).

http://congressoemfoco.uol.com.br/eleicoes-2010/nova-musa-bruna-furlan-e-a-3-mais-votada-em-sp/

http://noticias.gospelmais.com.br/parlamentares-bancada-evangelica-escandalo-petrobras-67548.html

Propostas: teve 54 propostas formuladas. 2 interessantes são:

- Ementa: Sugere ao Ministério da Educação a criação de programa de apoio à implantação de creches noturnas em todo o país. - Mês 2/14 - Aguardando resposta

- Ementa: Modifica a Lei nº 12.485, de 12 de setembro de 2011, para determinar a veiculação simultânea de áudio original com legenda e de dublagem de programas estrangeiros.

Motivo para não concordar com a candidatura: 

A candidata possui sólido prognóstico mas só por ter o nome citado e com investigações em curso acho que deveria ser um empecilho e todo o eleitor deveria ter reservas ao votar em candidatos sobre os quais pairam acusações em relação ao recebimento de "doações" e compra de votos.
 

Candidato: Paulo Maluf - Deputado Federal - Partido PP - Número: 1111

http://www.camara.gov.br/internet/deputado/dep_Detalhe.asp?id=528890

Declaração de Bens: R$ 39.036.449,14

Retrospecto: 

Notória personalidade na política nacional, Paulo Maluf está na política há mais de 40 anos. Figura controversa, ele é responsável por grandes obras em São paulo, obras que hoje em dia são parte do dia a dia da cidade. Ao mesmo tempo, sua figura também esteve ligada a grandes escândalos, principalmente os que ocorreram em sua legislatura na prefeitura de São Paulo na década de 90. Mesmo com inúmeras denúncias, investigações e julgamentos, o político continua na ativa e concorre nesse ano para mais um mandato de deputado federal. (http://pt.wikipedia.org/wiki/Paulo_Maluf)

Propostas - tem 40 propostas no site da Câmara. 3 itens interessantes são:

- Ementa: Dá nova redação ao inciso XVIII do art. 7º da Constituição Federal, ampliando para 180 (cento e oitenta) dias a licença à gestante. - Em conjunto - Tramitando desde 2007

- Ementa: Altera as Leis nºs 4.717, de 29 de junho de 1965, 7.347, de 24 de julho de 1985 e 8.429, de 2 junho de 1992, de modo a deixar expressa a responsabilidade de quem ajuíza ação civil pública, popular e de improbidade temerárias, com má-fe, manifesta intenção de promoção pessoal ou visando perseguição política. - Pronta para Pauta

- Ementa: Altera a Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000, acrescentando-lhe art. 49-A, para assegurar o acesso dos cidadãos aos sistemas de dados e informações governamentais. - Arquivada

Motivo para não concordar com a candidatura: 

Sem me ater as denuncias e a toda a bagagem que muitas pessoas já conhecem, parto assim para minha opinião. 

Sou contrário a candidaturas ilimitadas para cargos legislativos. Motivo: o canditato se torna um político profissional, com sucesso de várias candidaturas e legislaturas acaba por se familiarizar demais com as forças que normalmente movimentam a política como um todo. Um exemplo são as empresas que "doam" e apoiam determinados candidatos, gerando o lobby para aprovação de projetos de interesse delas, como por exemplo a exploração de um determinado recurso natural em uma região, entre outros exemplos. Fazendo isso, os legisladores deixam de legislar para o povo, os eleitores, os que o levam ao poder, e passam a fazê-lo para organizações e corporações. Isso eu considero incorreto. E um dos motivos é a existência dos políticos profissionais, que se reelegem quantas vezes desejarem. Isso porque já possuem forte identidade com o eleitor e já conhecem os "caminhos" que devem percorrer para chegar ao poder novamente. Esse é o caso do candidato Paulo Maluf e de outros que se elegem várias vezes. 
 

Candidato: Sergio reis - Cantor - Partido PRB - Número: 1011

Declaração de Bens: R$ 334.004,23

Retrospecto: 

Cantor que já fez e de certa forma ainda faz sucesso entre os apreciadores de música, sobretudo a sertaneja. Esteve acamado com problemas de saúde mas se disse recuperado durante os anúncios de sua candidatura ao cargo de deputado federal. Segundo ele: "Para mim é um novo desafio. Eu achei que já era hora de eu me dedicar ao povo. Tudo o que eu tenho, eu recebi do povo. Fiquei nove dias na UTI e estou me preparando física e psicologicamente para ser um dos bons deputados federais do nosso partido."

http://noticias.r7.com/eleicoes-2014/candidato-a-camara-sergio-reis-avisa-nao-preciso-do-dinheiro-da-politica-nem-fazer-falcatrua-29062014

Propostas:

Segundo ele, sua plataforma de campanha prevê três pontos básicos: saúde, educação e infraestrutura - neste caso, principalmente a melhoria das estradas. "As estradas que cortam Minas são uma vergonha", afirmou. Observação: ele está se candidatando por São Paulo

http://www.abril.com.br/noticias/brasil/sergio-reis-se-filia-ao-pr-disputar-vaga-camara-498510.shtml

Motivo para não concordar com a candidatura: 

Na minha opinião a idade avançada e doenças pré existentes deveriam sim ser um empecilho para candidaturas. Por exemplo, outros cargos em órgãos públicos, por concurso, possuem testes físicos, alguns rigorosos, para que o candidato prove a sua aptidão física para aquele cargo. O cargo de deputado, pode parecer que não, mas é sacrificante sim, se for exercido da forma como se deve. São viagens, reuniões e uma rotina atribulada. Algo que também, de certa forma, um cantor também tem.

A falta de propostas concretas é também um outro motivo pelo qual uma candidatura como a de Sergio Reis não é boa na minha opinião.
 

Candidato:  Batoré - ex-personagem da Praça é Nossa. Ex-Vereador na cidade de Mauá - Partido PP - Número 1001

Declaração de Bens: R$ 339.250,00

Retrospecto: 

Já participou de algumas campanhas, era vereador em Mauá, até trocar de partido para participar das eleições desse ano por outro partido e por isso ter seu mandato cassado. Por incrível que pareça, o Batoré é conhecido por ter boas propostas em torno do tema educação segundo o lido em alguns sites. Porém, apesar disso, ele responde a um processo no qual é réu por crime de improbidade administrativa. 

Ex-funcionários afirmaram que Batoré combinou que recolheria parte dos salários durante seis meses, sob alegação de que teria de pagar aliados que o ajudaram na eleição, mas que não haviam sido contemplados com cargos no Legislativo ou no Executivo.

Os valores de vale-alimentação oferecido pela Câmara aos servidores, segundo a apuração, também seriam devolvidos.

Propostas: 

Não consegui achar propostas - é nítida a dificuldade de se encontrar as propostas dos candidatos a deputados

Motivo para não concordar com a candidatura: 

Nesse caso é notório que ele usa o apelo de comediante que foi para conseguir se eleger. Acho isso parcialmente errado. Ele estar respondendo um processo de improbidade administrativa deveria ser lembrado para os potenciais eleitores. Mas isso não acontece porque ele está em um partido médio e não há uma cobertura da mídia para candidaturas a deputado.

 

Candidato: Maluco Beleza - Vereador na cidade de Osasco - Partido PHS - Numero 3113

Declaração de Bens: R$ 259.580,00

Retrospecto: 

Começou a concorrer a cargos eletivos em 2004. Conseguiu se eleger para vereador na 2012 com 5831 votos. Não encontrei mais informações para complementar.

http://www.webdiario.com.br/?din=view_noticias&id=85775

http://gibanet.com/2013/05/12/entrevista-exclusiva-com-o-vereador-de-osasco-maluco-beleza/

Propostas: 

Não foram encontradas propostas

Motivo para não concordar com a candidatura: 

É o caso de ilustre desconhecido apenas com nome engraçado para quem não é do seu reduto eleitoral e mesmo até para muitos eleitores do seu reduto, imagino. O fator contrário é que hoje ele já é vereador em sua cidade natal. Deixar o cargo pelo qual tanto lutou pode despertar descrença em potenciais eleitores. Terminar sua legislatura, sem concorrer a outro cargo eletivo deveria ser obrigatório para qualquer candidato eleito. Um compromisso firmado com quem elegeu o candidato deveria ser tratado com mais respeito.

Football Basics 2 – Pareamento de confrontos na Liga

Olá amigos, a Football Basics está de volta e nesse segundo capítulo vamos continuar falando a respeito da NFL. Dessa vez o tema abordado é o pareamento na temporada regular. Vamos nessa!

 

Recapitulando

Como abordado no tópico anterior, a liga hoje está estruturada com 32 franquias que estão espalhadas por todo país. Fazer um calendário que funcione em uma liga desse tamanho e com atletas de alto rendimento é um desafio grande.

 

Explicando o número de partidas

Falamos também no Podcast de Draft, que cada franquia (time) tem um rooster (elenco) fixo, com jogadores que estão habilitados a jogar as partidas da temporada regular, os playoffs e o Super Bowl. Todo time chega a ter no mínimo 2 jogadores para uma determinada posição porém, mesmo assim, devido ao Futebol Americano ser um esporte com muito contato físico, mesmo com todas as proteções existentes e regras que tem buscado uma maior segurança nas jogadas, as lesões inevitavelmente acontecem e são imprevisíveis. Hoje o time pode ter um elenco completo, amanhã, após um jogo, mesmo de pré temporada, pode estar desfalcado de uma das estrelas principais do seu time.

Dei toda essa volta para explicar que não é virtualmente possível que haja um campeonato com pontos corridos na NFL. Mesmo que fosse de apenas um turno, seria praticamente certo que a maioria dos times estaria com menos de metade de sua capacidade original no fim do campeonato. Então, imaginar uma liga como acontece em nosso "soccer", com turno e returno não é possível.

Assim, liga é estruturada atualmente para que cada time jogue 4 partidas na pré-temporada regular e 16 partidas na temporada regular tendo uma semana de folga (que começam sempre após a 3ª semana do campeonato e que normalmente são decididas por sorteio todo ano). Nos playoffs o time pode jogar 2 ou 3 vezes e, enfim, se passar por tudo isso, joga o Super Bowl. Dessa forma, um time pode jogar até 19 vezes contando temporada regular e playoffs e se contarmos a pré temporada serão 23 vezes no máximo até se tornar campeão.

 

Sobre os grupos

Como dito na coluna anterior os times estão alinhados em duas conferências com 16 times, e posteriormente são alinhados nas divisões de acordo com a sua posição geográfica (leste, norte, sul e oeste).

Mas como são 16 partidas por ano na temporada regular, como fazer esses times se enfrentarem sem que fique repetitivo e desequilibrado? A liga tem uma estratégia para isso. O calendário é cíclico e assim, após um determinado período de 4 anos, todas as equipes terão jogado entre si.

Pegamos como exemplo a divisão AFC Leste da NFL. Consideremos que o esquema de jogos citado acima começou agora. Partindo disso teremos:

Confrontos AFC Leste contra outras divisões da AFC:

Ano 1 - Divisão Norte

Ano 2 - Divisão Sul

Ano 3 - Divisão Oeste

Ano 4 - Divisão Norte

E assim por diante. Dessa forma, vemos que os times da divisão AFC Leste jogam contra todos adversários da AFC a cada 3 anos.

Confrontos AFC Leste contra outras divisões da NFC:

Ano 1 - Divisão Leste

Ano 2 - Divisão Norte

Ano 3 - Divisão Sul

Ano 4 - Divisão Oeste

E assim por diante. Dessa forma, vemos que os times da divisão AFC Leste jogam contra todos adversários da NFC a cada 4 anos.

Além disso, para valorizar a rivalidade e os confrontos dentro da divisão, cada time joga 2 vezes contra seus adversários dentro da divisão da qual faz parte. Finalmente, cada time também enfrenta adversários de outras divisões, da mesma conferência, que terminaram em colocações similares a sua e que não jogam pelo confronto de divisões nesse ano (são 2 partidas nessa situação para cada time). Por exemplo, se um time da AFC Leste foi o primeiro da sua divisão no ano passado, no seguinte, ele enfrenta os outros primeiros colocados da mesma conferência.

Tendo isso em mente, partamos então para como são definidas as partidas que cada time joga durante o ano.

 

A tabela

Continuaremos usando como exemplo a AFC Leste. Vamos pegar um time dessa divisão como exemplo, escolheremos o New England Patriots. Vamos supor que ele terminou o ano anterior na primeira colocação e seguiremos o esquema de confrontos que foi exposto acima.

Assim o New England Patriots nesse ano jogaria:

- 6 Partidas dentro da sua divisão (AFC Leste) no esquema turno e returno (dentro e fora de casa)

- 4 Partidas contra times da divisão Norte da AFC (aqui, necessariamente o time enfrenta um primeiro colocado no ano anterior)

- 4 Partidas contra os 4 times da divisão Leste da NFC

- 2 Partidas contra adversários de outras divisões da AFC que terminaram na mesma posição que a sua (e que não jogarão pelo confronto de divisões)

Isso totaliza as 16 partidas da temporada regular. Junto com a semana de folga, que pode acontecer entre a 4ª e a 12ª semana, temos o calendário das 17 semanas de cada time.

Com esses confrontos definidos, a liga, em conjunto com as emissoras de TV, que tem o direito de veiculação do campeonato, fazem sorteios e escolhem os confrontos das noites de Quinta-Feira, Domingo e Segunda-Feira.

Bom, é isso por enquanto. Tendo dúvidas ou comentários, faça-os e eu os responderei o mais breve possível. Na próxima coluna falamos dos playoffs e do Super Bowl!

Um abraço a todos e até mais!

Football Basics 1 – Abertura

Olá amigos. estou aqui para começar uma série que explica o esporte futebol americano. O Assunto será abordado no podcast De Porque para PQP e espero poder, nesta coluna que se abre hoje, falar um pouco e elucidar dúvidas para iniciantes que estejam a fim de conhecer o esporte. Tentarei fazer isso de forma simples e didática.

O que é futebol americano?

Originado do Rugby, o futebol americano era inicialmente a variação desse esporte, levado para os Estados Unidos na segunda metade do século XIX. Universidades como Yale, Harvard, Mackenzie, entre outras, tiveram uma grande importância no lançamento das bases do esporte. Personalidades como John Heisman, Amos Alonzo Stagg, Pop Warner, Fielding H. Yost e George Halas, e Walter Camp, considerado o pai do esporte, foram outros disseminadores desse esporte que, graças ao formato e a mesmo a forma como foi criado e disseminado se tornou o esporte mais popular do país, com times que, mesmo não sendo profissionais, possuem organização profissional.

O que diferencia o Football do Rugby são regras, formato do campo, equipamentos, entre outras características. Veja nesse artigo as diferenças principais entre esses esportes.

O que é a NFL?

A NFL (National Football League) é a principal liga profissional de Football dos Estados Unidos e porque não, mundial. Fundada em 20 de agosto de 1920. Fundada como a American Professional Football Association, ela adotou o nome atualmente utilizado no ano de 1922.

Como um esporte praticado há mais de 100 anos e com tantos personagens e figuras ilustres para cobrir, além de fontes tão bem estruturadas e um enorme material tanto escrito, quanto audiovisual para os interessados, é um pouco inútil de minha parte tentar contar a história do esporte aqui, seria até uma falta de educação e da minha parte. Assim, passaremos para como a liga está organizada hoje, o que nos dará mais familiaridade com o esporte atualmente. Além disso, abordaremos pouco os aspectos históricos do esporte e falaremos mais a respeito do andamento da liga atualmente. Voltaremos com textos esporádicos organizados em uma coluna própria abordando aspectos históricos depois.

Como está organizada a NFL atualmente?

A NFL conta hoje com 32 franquias (times), espalhados pelos EUA. Estes times disputam uma liga anual cuja temporada tem início no mês de setembro e tem o seu encerramento no mês de fevereiro, com a realização da grande final, o Super Bowl. Estes 32 times estão organizados em duas conferências sendo 16 times na conferência nacional, e mais 16 na conferência americana. As conferências por sua vez estão organizadas em 4 divisões, norte, sul, leste e oeste.

Assim, então estão dispostos os 32 times nas 2 conferências:

Conferência Americana

Norte – Baltimore Ravens, Pittsburgh Steelers, Cleveland Browns, Cincinnati Bengals

Sul – Indianápolis Colts, Jacksonville Jaguars, Houston Texans, Tennessee Titans

Leste – Miami Dolphins, New England Patriots, Buffalo Bills, New Jork Jets

Oeste – Kansas City Chiefs, Denver Broncos, San Diego Chargers, Oakland Raiders

 

Conferência Nacional

Norte – Chicago Bears, Minnesota Vikings, Green Bay Packers, Detroit Lions

Sul – Tampa Bay Buccaneers, New Orleans Saints, Carolina Panthers, Atlanta Falcons

Leste – New York Giants, Washington Redskins, Philadephia Eagles, Dallas Cowboys

Oeste – San Francisco 49ers, Seattle Seahawks, Arizona Cardinals, St. Louis Rams

 

Na próxima coluna falaremos sobre o pareamento dos confrontos anualmente, sobre playoffs e o jogo mais esperado do ano, o afamado Super Bowl. Até lá!

Momento

- Momento

1.Espaço pequeníssimo, mas indeterminado, de tempo; instante. 
2.Instante, hora, ocasião: 
3.Ocasião azada; oportunidade: 
4.Circunstância, situação. 
5.Estat. Qualquer média aritmética de uma potência dos afastamentos dos elementos de um conjunto em relação a um elemento escolhido como origem. 
6.Fís. Produto da massa pela velocidade de um corpo; impulso, quantidade de movimento, momentum . 
7.Fís. Produto vetorial do vetor posição do ponto de aplicação de uma força pelo vetor força; momento de força.


Hoje é o aniversário de uma pessoa que admiro muito, de alguém que nem faz ideia que eu existo, alguém que eu admiro. Estava ouvindo um de seus trabalhos musicais, e por um momento, revivi as memórias ofuscadas pelos anos, pelo tempo. Durante esse pequeno espaço de tempo eu relembrei um show ao qual eu compareci, arrepiei-me ao lembrar da massa que cantava em uníssono as canções entoadas por ele, devidamente acompanhado de sua banda... Foi um momento incrível!

Ao me lembrar desse fato eu me voltei para algo mais próximo. Estamos em uma época onde a forma como vivenciar as emoções nunca foi tão valorizada, explorada. Vemos aos montes mensagens do tipo: "Viva intensamente cada momento!" Mas, o que é viver intensamente cada momento? É possível viver intensamente cada momento? E se for possível, porque viver intensamente cada momento? As respostas finais, infelizmente não as tenho, e como quase tudo o que há neste espaço, não é premissa fundamental aqui apontar ou chegar a um denominador final do que é considerado o correto o ideal.

Parto do pressuposto que um momento é por definição o que o verbete significa (o que está descrito no começo desse texto). Nossa vida é formada de momentos, e as outros fatores são em grande parte o que definem determinados momentos como especiais ou não. O momento seria uma espécie de constante, ele sempre estará ali, por si só, um momento não é especial. As pessoas, as ações, as emoções e a forma como as pessoas se preparam poderiam ser consideradas algumas das variáveis que podem tornar um momento especial e único, isso dentro do meu raciocínio. Explico:

Meu primeiro show de rock foi o Monsters of Rock SP em 1998, foram mais de 10 bandas do melhor calibre, tanto nacional, quanto internacionalmente. Porém, tenho poucas memórias vivas e me lembro com clareza apenas de uma porcentagem dos shows. Atribuo a causa dos espaços em branco a por exemplo poucos preparativos que fiz para esse evento e a minha falta de conhecimento em relação a maioria das bandas que tocaram nesse espetáculo naquela época. Existe ainda uma grande emoção quando escuto as bandas que tocaram nessa ocasião, mas sempre fica o pensamento de que eu não conhecia elas o suficiente para ter podido aproveitar o show em toda a sua plenitude.

Ao passo que essa banda que ouvi hoje, o Iron Maiden, eu vi após uma longa expectativa, preparativos, desde a primeira notícia da volta do Bruce ao grupo, passando pelo lançamento do álbum, as circunstâncias que envolveram a viagem para o Rio, a fila pré show, os apertos durante o dia escaldante do Rio num mês de janeiro, o próprio show em si e finalizando com a aventura que foi a minha volta para São Paulo, tudo isso realizado em junto com um dos meus amigos mais chegados a quem admiro e o tenho em grande consideração até hoje. Só pela minha pequena descrição acima você, que nem faz idéia da real história já percebeu que eu vivi um momento único e especial, esse momento foi cuidadosamente preparado pelo destino, pelas circunstâncias, enfim, pelo acaso. Mas obviamente, todas ações e emoções envolvidas nesse processo me ajudaram a assimilar esse momento como especial.

Com a comparação acima podemos dizer que é possível viver um momento memorável sozinho com toda a sua intensidade? Não na minha opinião... Porque um momento raramente é algo que vivemos sozinhos. Considero que o momento precisa ser vivenciado por pelo menos 2 pessoas para ser considerado memorável. Claro, você pode discordar disso.

Passemos ao fator ações. É possível ser capaz de agir sempre de forma a tornar um momento algo memorável? Também não consigo estabelecer isso como algo possível. Apesar de eu ter citado em meus exemplos as ações como determinantes para a concretização de um momento em algo único, posso citar muitos momentos como memoráveis sem que eu estivesse agindo de forma preparada ou pronta a responder a aquele momento da forma como deveria ser, ou a que eu considerei ideal depois de o já ter vivenciado.

No tocante as emoções também devo discordar. Em minha opinião, não é possível estar na sintonia emocional perfeita para se vivenciar um momento da melhor forma possível. E mesmo que estivessemos 100% emocionalmente preparados para sentir esse momento, como saber se ele é realmente especial se nossos nervos estariam em frangalhos devido a alta concentração que o controle das emoções nos exige.

Finalmente, quanto aos preparativos também sou obrigado a discordar. Por mais que nos preparemos para um determinado momento, não significa que ele será memorável. Quantas vezes você se prepara e quando o momento chega você se dá conta que ele não é o que você esperava? Com isso a maioria de leitores concordará.

Chego ao final desse texto então elucubrando que os momentos podem ser memoráveis sem nenhum preparativo, sem que nenhuma emoção esteja preparada para recebê-los adequadamente. Mesmo que nós tenhamos agido corretamente, não seria possível definir que aquele momento foi memorável apenas por isso.

Quantos momentos foram memoráveis para outras pessoas e passaram por nós despercebidamente, ou mesmo que tenhamos agido com descaso perante a um momento único vivenciado por alguém próximo a nós? Quantos momentos foram importantes para nós e passaram despercebidos para outras pessoas, ou mesmo que elas tenham agido com descaso perante os momentos que consideramos únicos?

Digo, na minha opinião é impossível viver os momentos de forma intensa.... Eles só serão sentidos de maneira intensa após o momento ter passado....

NFL 2014 - Ela Voltou a Voar!

Olá sejam bem vindos! Esse é meu primeiro post aqui na página do PQP Cast. É um prazer estar aqui, nesse início de projeto. Neste espaço falarei de assuntos que fazem parte do meu gosto pessoal e que espero, que sejam de utilidade para você, que já acompanha o nosso podcast. Nesse primeiro post, falarei um pouco de um dos assuntos que serão muito abordados em minha parte aqui no site, a NFL. A temporada que se inicia será a terceira que eu acompanho na íntegra, sempre aprendendo muito e sendo motivado cada vez mais a acompanhar esse maravilhoso esporte, o Futebol Americano.

Nada melhor do que começar algo do começo, e sim, ontem foi o "começo" da temporada 2014 na NFL. Aconteceu ontem no Fawcett Stadium em Ohio o Pro Football Hall of Fame Game, jogo anual que marca o início da pré-temporada da NFL, que dura um mês, nos Estados Unidos. O confronto desse ano foi entre Buffalo Bills e New York Giants, equipes que trouxeram seus elencos para um dos 4 jogos de "aquecimento", que ajudam definir quais jogadores formarão o elenco final que participará da temporada inteira de cada time. É um jogo marcado por muita emoção pois além de marcar o kickoff do ano em termos de jogos para os times, também é o jogo que precede a inclusão de novos jogadores ao Hall da Fama do esporte, localizado na mesma cidade. Nesse local estão os bustos de cada um dos mais memoráveis jogadores, dos mais diferentes times, atletas que fizeram a diferença no esporte e que estarão para sempre "imortalizados" nesse museu e memorial, que é um verdadeiro oásis de história e conhecimento para os entusiastas desse maravilhoso esporte. Vou deixar abaixo o site para que vocês possam visitar e conhecer um pouquinho dessa história memorável.

O Confronto

Dentro do campo, a partida foi interessante, mais em virtude da vontade de todos acompanharem um jogo após tanto tempo (o último jogo da temporada passada, o Super Bowl, ocorreu em 2 de fevereiro) do que pelo desempenho dos jogadores principais em campo. Claro que houveram jogadas de destaque, por exemplo, um Punt bloqueado e 2 interceptações, ambas ocorridas em Quarterbacks do time de Buffalo, mas ficou um gosto de quero mais, porque, EJ Manuel (Bills), e Eli Manning (Giants), os quarterbacks principais de cada time não tiveram tempo em campo suficiente em campo para mostrar nada muito significativo. Outros jogadores também tiveram pouco tempo para tentar alegrar os olhos dos expectadores com jogadas que todos estão ávidos para assistir. De qualquer forma é bom ver falta apenas um mês para todos jogarem para valer e espero muitas emoções para esse ano.

Vou procurar dar uma detalhada básica em como funciona a liga para quem não conhece nos próximos posts, espero que quem não conhece dê uma chance a esse esporte espetacular. Bom, nos vemos no próximo post, até lá!

Pro Football Hall Of Fame:
http://www.profootballhof.com/default.aspx

Assista aos jogos da pré-temporada e da temporada regular da NFL de graça no Esporte Interativo:
https://br.esporteinterativo.yahoo.com/

Saiba um pouco mais desse jogo anual aqui - Em Inglês:
http://en.wikipedia.org/wiki/Pro_Football_Hall_of_Fame_Game