Qual o Alinhamento dos Personagens da Vila do Chaves?

Fala galerinha do Mau. 

Estou com essa ideia de colocar os moradores da vila do Chaves como personagens de Dungeons&Dragons o famoso D&D. E comecei a pensar nos possíveis alinhamentos de cada personagem. Pra quem não sabe o que é alinhamento vou explicar rapidinho. Se vc souber o que é alinhamentos em D&D pode pular o próximo paragráfo ;)

No D&D o comportamento das criaturas estão associados à dois eixos. Um eixo com a  dicotomia Bom e Maligno, e o outro eixo com a dicotomia Caos e Ordem ( também chamado de Leal). A ideia é que um personagem Bom e Caótico, por exemplo, tenderia à ações boas mas de uma forma fora da norma ou leis (como Robin Hood). Um personagem Maligno e Leal tenderia à ações más com um certo padrão ou código. O Loki, irmão do Thor, é um exemplo bacana de personagem Maligno-Leal enquanto que o Coringa seria um exemplo de Maligno-Caótico, afinal "algumas pessoas só querem ver o mundo pegar fogo" como disse o Alfred. 

Esse sistema de alinhamentos de D&D é bem simples e da muito pano pra manga, principalmente porque ele nunca explica o que é o Bom e o Mal. E também porque comportamentos barbáricos (considerados caóticos no material do D&D) podem ser vistos como dentro deu um código de conduta não usual apenas. Mas com todos esses por menores de lado, qual seria uma boa caracterização dos personagens do Chaves? 


Qual o alinhamento da vila do Chaves?

 

Dona Florinda: Caótica-Maligna. 

A Dona Florinda é a masterMind, o KingPin, O Zé Pequeno da vila do Chaves. Esbofetando o Seu Madruga a tordo e a direito ela não podia ser menos do que o Caos na vila. Usando a influência e o poder do Prof. Girafales para abrir seu restaurante e exploração infantil para mantê-lo no dia-a-dia, a Dona Florinda se tornou a encarnação do Mal quando seu marido morreu em um trágico acidente.

Palavras do terror: Não se junto com essa gentalha!

Dona Clotilde: Neutro-Maligno

De ser bem óbvio porque uma Bruxa seria maligna. Ela usa todas as suas táticas para corromper a vila inteira. Desde as crianças, os animas ou os adultos. Ela tenta corromper o Seu Madruga com todas as suas forças

Palavras do Mal: Satanas!!!

Quico: Leal-Maligno.

O Quico é o pau mandado da Dona Florinda. Burro de mais para dominar o mundo sozinho. Sua lealdade à Dona Florinda (a qual chama em horas de perigo por Mamãe) é extrema. Tratando as crianças da vila como um sécto à sua riqueza e ostentação, o bochechudo da vila tem apenas uma coisa maior que seu rancor e ódio à humanidade: suas bochechas de buldogue velho.

Palavras do medo: Ohuinhó! Uhuhuhuhóhó

Chaves: Neutro - Neutro

O Chaves conhece as intempéries da vida como ninguém naquela vila. Tanto é que decidiu esconder sua moradia e seu nome verdadeiro dos outros habitantes. Apto à qualquer coisa para conseguir comida ele morreria mas não perderia a vida por um Sanduiche de presunto. Hora ajudando outros da vila e hora deixando a vida deles um inferno, o Chaves sabe que na vida é cada um por si. Hora do lado da Dona-Florinda ou hora do lado do Seu Madruga, o Chaves muda suas convicções quando as estruturas de poder mudam. Qualquer coisa em excesso deve ser evitado

Palavras da neutralidade: Foi sem querer querendo.

ChiquinhaCaótico - Neutro

A Chiquinha é a encarnação do inesperado em forma de guria. Talvez por ignorância ou inocência seu respeito por autoridades e estruturas de poder é inexistente. Chamando de burro tanto seus tutores quanto seu progenitor sempre que achar cabível e chutando Dona Florinda sem medo das consequencias, não é possível saber em qual lado ela está se é que ela distingui lado algum.  Ela demonstra como o caos e a improbabilidade estão ao seu lado quando ela adquiriu o único bilhete premiado para Acapulco.  

Palavras do Caos: O que vc tem de burro vc tem de burro!

Senhor Barriga: Neutro - Bom

Por que alguém que representa o capitalismo seria bom? Na verdade observando as estruturas de poder é ser bem fácil de entender. As únicas pessoas que efetivamente pagam o aluguel na vila são as entidades malignas, Dona Florinda e  Dona Clotilde. Se ele realmente se importasse com o aluguel do Seu Madruga ele saberia exatamente quantos meses ele deve, e não abstratos ’14 meses’ de aluguel. Sem falar que ter um inquilino que não pague o aluguel por tanto tempo é puro sinal de barriga do Senhor Bondade.

Palavras da Bondade: Eu vim receber o aluguel.

Seu Madruga: Caótico - Bom

Seu Madruga é a alma bondosa da vila. Com a esperança de que o bem esteja no coração de cada um, ele sempre se aproxima da Bruxa do 71 muda-lá para o lado bom. Sem nunca ter revidado as ofensas e injúrias feitas pela Dona Florinda, seu Madruga é um exemplo de ser humano. Ele só não gosta de trabalhar nem de se identificar com estereótipos pré-fabricados.

Palavras da bondade: A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena.

Prof. Girafales: Leal - Bom

O Prof. Linguiça é o Paladino da Vila. Nesse mundo moderno onde capas e espadas foram esquecidos a palavra é a nova ordem. Na escola tentando catequizar o Quico e durante  tarde lutando contra a Dona Florinda, o Prof. Girafales luta com toda a sua eloquência e linguicesa para tirar do lado negro seu amor, Dona Florinda. 

Palavras da Justiça:Tá-Tá-Tá-Tá


Vc concorda com isso? Eu descrevi algum personagem errado? Me deixa sabendo o que vc acha aqui nos comentários.